skip to Main Content
Pesquisa-Clinica-Dra-Mariane-Fontes
Pesquisa Clínica

O que é um estudo clínico?

Um estudo clínico é uma pesquisa que usa pacientes para investigar formas de melhorar o tratamento de uma patologia. A participação nesses estudos é voluntária.

Os estudo clínicos tem como objetivo:

  1. testar novos tratamentos com intuito de avaliar se esses são melhores do que os tratamento disponíveis
  2. testar se mudanças no estilo de vida podem prevenir ou reduzir a chance de desenvolver uma doença
  3. testar novas formas de diagnosticar uma patologia.

Existem três tipos de estudos clínicos que avaliam novas drogas. O tipo de estudo depende do seu do objetivo a ser atingido e quanto que a droga já foi pesquisada.

Estudos de fase 1: avalia-se a segurança de um tratamento, investigamos como um medicamento deve ser administrado, sua dosagem e efeitos colaterais.

Estudos de fase 2: avalia-se um medicamento em uma doença específica focando na sua eficácia e efeitos colaterais.

Estudos de fase 3: compara-se um novo tratamento com um tratamento aprovado para uma determinada doença. Descobre-se se o novo tratamento é melhor, pior ou igual ao tratamento aprovado e também compara-se os tipos e intensidade dos efeitos colaterais

Quem pode participar de um estudo clínico?

Muitos estudos são específicos para um tipo de doença e nem todo mundo que quer participar pode fazê-lo. Os estudos geralmente tem critérios de inclusão rigorosos e muitas vezes é necessário avaliar as condições cardíacas, hepáticas, renais etc para definir se o paciente poderá ser incluído ou não na pesquisa. Essas avaliações são feitas por exames de sangue e de imagem.

Quais os benefícios de participar de um estudo clínico?

  • ter acesso a um novo tratamento que ainda não está disponível para a população geral.
  • tratar da sua doença com um especialista e se beneficiar de um seguimento / avaliações detalhadas e minuciosas.
  • futuramente ajudar pessoas que terão o mesmo diagnóstico que você com desenvolvimento de novos tratamentos e tecnologias.

Quais são as desvantagens de participar de um estudo clínico?

  • as drogas testadas podem ter efeitos colaterais inesperados e desconhecidos.
  • o novo tratamento pode não ser tão eficazes quanto os tratamentos aprovados.
  • você pode participar de um estudo que envolve placebo e consequentemente não receber a droga ativa. O placebo geralmente é utilizado quando não há certeza que o tratamento ajuda os pacientes ou se não existe um tratamento aprovado.

Em geral quando um estudo compara dois tratamentos, metade dos pacientes recebe a droga nova e metade recebe o tratamento aprovado/ placebo. A escolha do que você vai receber não é feita pelo seu médico e muitas vezes ele também não saberá qual droga você recebeu até que o estudo termine.

O que mais preciso saber sobre pesquisa clínica?

A decisão final de participar ou não de um estudo clínico é sempre do paciente. Para auxiliá-lo nesta decisão seu médico responderá todas as suas perguntas. Ele (a) deve lhe explicar o racional do estudo clínico, os riscos e benefícios, os exames que serão necessários e o tratamento proposto. Se concordar em participar, você assinará um termo de consentimento.

Experts avaliam antes e durante o estudo a segurança relacionado ao tratamento para que pacientes possam participar de forma segura.

Não há nenhum tipo de tarifa ou taxa que deve ser paga para que você possa participar do estudo. Os exames e tratamento relacionados ao estudo são custeadas pelo patrocinador da pesquisa.

Durante o estudo você terá que cumprir com uma agenda de consultas, exames e tratamentos.

Se você tem câncer e deseja saber mais sobre estudos clínicos você pode acessar o site https://clinicaltrials.gov/ ou perguntar ao seu médico.

Compartilhar